Home > # Partiu com Lilica > AMÉRICA DO SUL – BOM, BONITO E BARATO

AMÉRICA DO SUL – BOM, BONITO E BARATO

#PARTIU COM LILICA

AMÉRICA DO SUL –  BOM, BONITO E BARATO

Para férias de julho que tal um lindo passeio gastando pouco?!

Você não precisa de passaporte, visto, e 12 horas de voo para esquiar com conforto e preço justo.

Eu vivi uma das melhores experiências viajando pela Patagônia Argentina e Chilena, um dos lugares mais lindos que já vi, e olhe, que conheci muitos lugares.

Cheguei  em Buenos Aires e como eu já conhecia, não quis ficar uns dias por lá, mas se você não conhece, acredite, vale muito a pena conhecer, é simplesmente encantadora, mas hoje vou te falar de uma ótima viagem para férias de julho.

Pessoalmente, não gosto de lugares da moda e badalados, embora conheça alguns, tinha apenas 10 dias de férias  e gostaria de  esquiar na América do SUL  e como todo Brasileiro, pensei imediatamente em Bariloche, porém tive a sorte de ir parar San Martin de los Andes.

Em Buenos Aires, seguindo sugestão de um amigo argentino, peguei um voo de uma companhia aérea local e parti para SAN MARTIN DE LOS ANDES.

San Martín de Los Andes é uma cidade da Argentina, localizada na província de Neuquén, nas margens do lago Lácar, localizado no Sudoeste da Argentina fronteira com o Chile.

O lugar é incrível, um vilarejo super charmoso onde se encontra o CERRO CHAPELCO, uma GRANDE ESTAÇÃO DE SKI que fica a 17km do vilarejo,

O Vilarejo por si já é LINDO com bons restaurantes, povo acolhedor e muito simpático, ruas estreitas e clima totalmente Europeu.

Nos 02 primeiros dias, comprei um passaporte e fui para o CERRO CHAPELCO, onde esquiei, ou ao menos tentei, porque no primeiro dia de pista eu mal conseguia me locomover devido o peso do Sky que loquei numa das lojas no centro da cidade especializadas em locação de roupas e equipamentos para SKY.

Claro que era minha inexperiência de iniciante que me impediam de sair voando pelas montanhas, mas também, o SKY que me alugaram não era adequado para minha altura e peso, e eu não fazia ideia que existia essa proporção.

No dia seguinte descobri que o SKY não pode ultrapassar a altura do seu queixo, ou seja se for alugar o equipamento, você deve coloca-lo em pé paralelo ao seu corpo e se certificar que não passe da altura do seu queixo, e também, que o peso do SKY é adequado para o seu porte físico, essa orientação pode ser obtida na própria empresa que aluga o equipamento, porém não esqueça de perguntar senão corre o risco deles te “empurrarem” o que tiver disponível e você passar o dia inteiro se arrastando sem sair do lugar como me aconteceu no primeiro dia.

Cansada de “me arrastar” com o SKY, decidi fazer um outro passei muitoooooooooooo mais incrível na própria estação, um PASSEIO PELO BOSQUE DE ARVORES IMENSAS em cima de um trenó puxado por cães da raça HUSKIES SIBERIANO, sim acredite, isso existe, me senti em NÁRNIA.

Foi uma aventura e tanto, a velocidade que aqueles cães corriam arrastando o Trenó era inacreditável, sem falar das manobras perfeitas entre aquelas arvores enormes do bosque.

No da seguinte, finalmente com o equipamento certo, consegui esquiar, porém, no terceiro dia já não suportava mais o esforço físico e o frio da pista de esqui.

Então, conversando com os locais descobri um outro passeio incrível, salvou meus últimos dias de férias, porque no terceiro dia, o esqui, o vilarejo, a neve, tudo já tinha sido visto e perdido a o encanto.

No terceiro dia, peguei um carro e #parti para fazer o passeio pela estrada dos SETE LAGOS, e acreditem foi uma das viagens com paisagens mais lindas que já fiz.

O passeio tem duas rotas e eu optei pela Rota da Patagônia Chilena, passando, é óbvio pela VILLA LA ANGOSTURA, outro vilarejo point de SKY, incrivelmente lindo e longe dos preços absurdos e badalação de Bariloche.

Nessa estrada não encontrei apenas os sete lagos incríveis, mas também tive oportunidade de mergulhar numa piscina natural com aguas quentes vulcânicas, conhecer um vulcão ativo, se não me engano o único na América de sul, andar sob lagos com aguas congeladas, alimentar leões marinhos famintos e outras aventuras inesquecíveis, mas que merece um capitulo a parte.

Espero vocês para nossa próxima aventura, e quem sabe, contar tudo sobre a ESTRADA DOS SETE LAGOS.

O QUE LEVAR:

CALCAS DE LÃ PARA VESTIR SOB AS ROUPAS,   LEGS, CAMISAS TERMICAS, BOTA PAR NEVE, CASACOS, TOUCAS  E TUDO QUE TE MANTIVER AQUECIDO.

SITE PARA CONSULTA:

http://www.viajenaviagem.com/2012/12/san-martin-andes-dicas-roteiro

www.tudoparaviajar.com/argentina/sanmartin-de-losandes

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *