Home > EXPLORE > Saúde e Bem Estar > Seios ardendo ou queimando durante e após a amamentação: O que pode ser?

Seios ardendo ou queimando durante e após a amamentação: O que pode ser?

A irritação ou sensibilidade dos seios antes, durante, ou depois do período menstrual é algo comum na vida de uma mulher, que é relacionada pela mudança hormonal. Então, bem como isso ocorre ao amamentar ou logo em seguida de dar o seio ao bebê, você pode estar com uma inflamação nas mamas: conhecida como a Mastite.

O que é Mastite?

 

A mastite é uma irritação nas glândulas da mamarias, que é motivada pela acumulação de leite e que ocorre com maior presença no pós-parto, especialmente na primeira gestação. A mastite pode acontecer em uma mama ou nas duas e as características são mamas avermelhadas, duras, doloridas, quentes, ardendo e febre alta.

Cerca de 10% das mulheres apresentam pelo menos um acontecimento de mastite durante o período de amamentação. Na maioria dos casos, a mastite ocorre nos três primeiros meses de aleitamento, mas nada impede que esta inflamação da mama possa ocorrer mais tarde.

Quais os cuidados para diminuir a dor?

 

  • Fuja do uso de sutiãs que apertem muito e priorize modelos com alças largas e firmes que dão sustentação e aliviam a dor.
  • Se a aréola estiver tensa, a mãe pode tirar um pouco de leite manualmente para facilitar a mamada;
  • Sustente uma alimentação saudável, com baixo teor de gorduras e rica em frutas, vegetais e grãos;
  • Em caso de dor, aplique compressas de água morna que ajudam na liberação do leite. As frias são importantes nos intervalos para diminuir o edema e as dores;
  • Fale com seu médico para ver se está liberado o uso de analgésicos e anti-inflamatórios.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *