Home > EXPLORE > Brasil > Rapaz que vendia banana frita é aprovado em medicina!

Rapaz que vendia banana frita é aprovado em medicina!

Mais um entre tantos brasileiro com um quadro de vida difícil conseguiu entrar na faculdade…  e em medicina – com muita garra, estudo e persistência. Wanderson Thiago Noleto, de 24 anos, vendia bananas fritas e sonhava em ser médico desde criança, quando morava numa comunidade no interior de Santarém, no Pará.

Ele foi alfabetizado pela própria mãe, que era professora, Marinalva Santos, deu aula para o filho do pré-escolar até a quarta-série, quando moravam na região do Lago Grande. Para ajudar nas despesas da casa, Wanderson vendia bananas fritas na orla de Juruti, para onde se mudou em 2014.

“Foi um tempo difícil, eu vendia banana, picolé, doces. Tudo que vocês podem imaginar e isso não só na orla eu andava a cidade toda, caminhando”, disse Wanderson. Parou de estudar por algum tempo, pois não tinha condições de pagar um cursinho, entrou em depressão, mais com muita força de vontade ele voltou a estudar e saiu daquele quadro de depressão. Em 2015 ele enfrentou mais uma vez os seus medos, estudou em tempo integral, mais não conseguiu passar novamente.

O jeito foi o Wanderson continuar vendendo banana frita no porto, para tentar mais uma vez passar no vestibular.

O jovem contou com o incentivo de vários colegas para não largar os estudos. E passou a frequentar bibliotecas públicas. Só agora veio a boa noticia. Depois de vários anos tentando Wanderson conseguiu passar para medicina na Universidade do estado do Pará – Uepa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *