Home > EXPLORE > Saúde – Por que agosto virou o mês do aleitamento materno?

Saúde – Por que agosto virou o mês do aleitamento materno?

Desde 1992, o planeta celebra a semana Mundial de Aleitamento Materno, entre os dias 1 e 7 de agosto. A cada ano, um tema ou ângulo sobre essa questão é ressaltado para que sempre possamos nos recordar e aprender como o leite materno e a amamentação fazem a diferença na promoção à saúde da criança, no vínculo familiar, na educação e até no âmbito empresarial e financeiro. 

Todos esses temas sempre exerceram um apelo global. Divulgando o trabalho dos Hospitais Amigos da Criança, a importância e a responsabilidade de todos (governo, sociedade, empresa, profissionais de saúde e mídia) no estímulo ao processo de amamentação e inclusive os direitos das mulheres em seus empregos.

Não deixam de ressaltar também a relevância do impacto familiar, das normas que regulamentam a publicidade e protegem o aleitamento, das leis trabalhistas e dos direitos das crianças de receber uma alimentação padrão-ouro e educação de qualidade. Abordar até assuntos tão diversos como ecologia, paz mundial, situações de emergência, tecnologia, informática… Enfim, o presente, o passado e o futuro — e suas conexões com a amamentação.

Em 2017, na vigésima quinta Semana Mundial do Aleitamento Materno, foi proposto dois temas que resumem muito do que foi feito até agora e o que se pretende realizar daqui para a frente:

  • Ninguém pode fazer por você. Todos podem fazer juntos com você.
  • Proteger a amamentação: construindo alianças sem conflitos de interesse.

Mas tem mais: em um momento histórico, por meio da Lei Nº 13.435. de 12 de Abril de 2017, foi instituído que agosto será também o Mês do Aleitamento Materno.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *