Home > “Receber Faz Bem” por Débora Brito

“Receber Faz Bem” por Débora Brito


Débora F. Alves de Brito

Bem casada, Mãe de 3 Bonecas
(Mª Clara, Mª Isabela e Mariah)

Decoradora de Festas e Proprietária de uma linha de Mesa Posta.
Apaixonada por receber em casa.

O que fazer nas férias da criançada?!

Uma dica super legal, diferente e eu diria que até econômica, foi fazer um Festival de Sorvete em Casa!!!!  Para que fique ainda mais divertido a melhor forma de fazer é montar como um Buffet Self - service. Com variedades de granulados, os coloridos, os de chocolates, os com cereais. Jujubas e guloseimas semelhantes, wafer, caldas/coberturas, casquinhas de biscoitos ( Você consegue comprar em casa de doces para festas ou lojas especializadas em sorvete. Comprei próximo ao Mercado Central de João Pessoa). Duas ou três opções de sabores do sorvete. Não esquecer de deixar uma garrafa de água por perto. Montar tudo de forma divertida, cada guloseima na seu cantinho e caprichar na decoração.  Baseado no que fiz em minha casa, foram 5 adultos e 5 crianças, com duas opções de sorvetes tive o custo de +/- R$ 60,00. Essa é também uma dica legal para fazer não só com as crianças mas com os amigos também, afinal estamos no verão e todo mundo gosta de sorvete! Espero que ap

Festa de Réveillon

Hoje venho dar umas dicas bem práticas para a festa de Ano Novo. • Decoração: Vale super a pena se informar sobre as cores e deixar correr solto a criatividade na hora de decorar! Mas para não errar, o branco é um clássico que traz leveza ao ambiente e ainda representa a Paz para o Ano que vai chegar...  Querendo trazer requinte a festa basta misturar ao prata, da luz, da modernidade. Ou ao dourado da riqueza e da prosperidade. Não pode faltar as velas, flores e frutas, para deixar a decoração ainda mais caprichada!!!!!  • Música: Indispensável para a alegria da festa, o ideal é ser bem eclético e fazer uma seleção bem diversificada de boas músicas para a diversão de todos os convidados.  Hoje em dia temos muitas opções de sites e aplicativos que deixam isso ainda mais fácil. Vale a pena conferir. • Comidas e Bebidas: O melhor seria deixar as comidas expostas de forma mais prática para os convidados se servirem, sem tanta formalidade. Não é necessário faze

Pra não ficar em dúvida na hora de receber seus convidados.

Faltam poucos dias para o ano novo, então resolvi falar das diferentes formas de servir um jantar, para que possa te ajudar a preparar a sua confraternização e festa da forma mais adequada. Existem basicamente 4 tipos de serviços: Serviço  À Francesa; Serviço À Brasileira; Serviço Franco Americano e Serviço À Americana. À Francesa: É o mais requintado dos serviços. Os lugares da mesa são marcados com porta cartões (placement), colocados na mesa à frente do prato de onde deve se sentar. Nesse tipo de service os convidados não saem da mesa, são os garções que apresentam as travessas pelo lado esquerdo do convidados e o próprio convidado se serve. o serviço começa pelas mulheres, sendo a primeira a convidada de honra, por último é a anfitriã. Logo depois os homens que segue a mesma ordem. Antes de servir a sobremesa são retirados os sousplats, que só devem permanecer na mesa para a refeição. À Brasileira: Esse é o serviço mais informal, porém por ser o...

Apaixonada por receber em casa.

Adorei a sugestão que recebi para minha primeira coluna, que foi falar um pouco de como tudo começou. Então, agora eu vou me apresentar para vocês, e assim irão entender um pouco mais dessa minha vocação, ou melhor dizendo, profissão. Trabalhava na área da hotelaria há mais ou menos 13 anos. Sempre amei muito ser uma boa anfitriã e receber com bastante carinho. Daí me casei e adorava decorar minha casa. E de acordo com a época do ano uma decoração temática diferente! Carnaval, Páscoa, Dia dos Namorados, Halloween... Natal então, a casa fica uma alegria só!!!!! E logo vieram as meninas. Eu com 3 e minha irmã com duas. Sempre colocamos a mão na massa e fazíamos as festas das nossas crianças . Porém com as redes socias, o que era só nosso foi se tornando conhecido, e o que era um hobby foi virando profissão. E já não eram só festas pequenas. Eram festas grandes e muitas... Já não dava mais para trabalhar no Hotel. E eu me dedicava 100℅ as festas. Com tudo tive uns contratempos e