Home > Economia

Economia

Idade minima para aposentadoria será de 62 anos.

A decisão que diminui de 65 para 62 anos a idade mínima, atende a um pleito da bancada feminina da câmara, composta por 55 mulheres. O líder do congresso, André Moura, afirmou que a idade mínima das mulheres será fixada em 62 anos no relatório da reforma da previdência. A proposta inicial era de 65 anos tanto para os homens quanto para mulheres.

O poder do escândalo da carne na economia brasileira!

Hoje o terceiro maior produto de exportação do Brasil, ficando atrás da soja e do minério de ferro, as carnes brasileiras conquistaram o mundo, tornando-se sinônimo de qualidade em mais de 150 países. Mas esta garantia está sob risco desde a última sexta-feira (17), quando a Polícia Federal revelou um esquema de adulteração envolvendo pelo menos 30 frigoríficos. Por si só, pela natureza das descobertas, a operação Carne Fraca já teria o potencial de causar estragos significativos no mercado interno. Afinal, qual brasileiro vai querer comprar - e consumir - possível carne adulterada? Nenhuma, não é verdade. O problema se torna ainda pior porque essa mesma pergunta está sendo feita pelos compradores internacionais - nesta segunda-feira (20) , países como China, Chile e Coreia do Sul, além da União Europeia, suspenderam temporariamente as importações de empresas citadas na fraude. Por causa disso, segundo economistas ouvidos o impacto na economia brasileira pode ser "maior do que

Os números do impostômetro brasileiro não para de subir.

Nesta quarta – feria atingimos 1,9 trilhões de reais exatamente as 07:30 hrs, a estimativa é que chegue a 2,4 trilhões até o final de dezembro. Com a chegada do fim de ano as vendas aumentam, fazendo que esse numero cresça ainda mais, com os valores dos impostos altíssimo não será difícil atingir a estimativa. Créditos da imagem: www.impostometro.com.br

Senado aprova PEC do teto em segundo turno por 53 votos a 16

Apesar da crise política, o governo Michel Temer acaba de conseguir passar no Congresso Nacional o principal pilar do ajuste fiscal proposto pela equipe econômica. O Plenário do Senado aprovou nesta terça-feira, 13, em segundo turno o texto-base da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) do Teto para os gastos da União, por 53 votos a 16. Foram rejeitados os destaques que pediam retirada das áreas de Saúde e Educação da proposta e o reajuste do salário mínimo. A PEC já havia sido aprovada em dois turnos no Plenário da Câmara dos Deputados com ampla margem de vantagem. O placar desta terça foi inferior à votação em primeiro turno no Senado, quando o Novo Regime Fiscal havia recebido 61 votos favoráveis e 14 contrários, o mesmo placar a favor obtido pelo base do atual governo no processo de impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff. Eram necessários 48 votos pela aprovação da PEC, e o governo esperava pelo menos 60 votos favoráveis à medida. Mas o quórum no Plenário do Senado hoje f

Fundo constitucional do Nordeste receberá R$ 21 bilhões para 2017

Do total previsto para o ano que vem, R$ 6,3 bilhões serão destinados ao financiamento de projetos estratégicos como os de infraestrutura Por Agência Brasil O Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE) receberá R$ 21 bilhões em 2017. A programação financeira foi aprovada hoje (12) pelo Conselho Deliberativo da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene), órgão ligado ao Ministério da Integração. Em 2016, o FNE movimentou R$ 8,1 bilhões até outubro. Do total previsto para o ano que vem, R$ 6,3 bilhões serão destinados ao financiamento de projetos estratégicos como os de infraestrutura, incluindo energia renovável. Durante a sessão do conselho, também foram aprovadas novas regras para facilitar o acesso do setor produtivo aos recursos. A partir de agora, as empresas também poderão tomar recursos do FNE para capital de giro destinado a gastos gerais e administrativos como aluguel, folha de pagamento, despesas com água, energia e telefone. Até então, ess